Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos (Ou Supernatural+Crepúsculo) (Filme)

Neste fim de semana eu fui ao cinema ver este filme, que é inspirado no livro de mesmo nome, da autora Cassandra Clare. Eu já tinha visto este livro para vender, mas nunca tinha ouvido ninguém falar dele, nem mesmo na internet, o que me surpreendeu bastante quando vi que teria um filme. O filme segue nesta vibe de criaturas mágicas e fantásticas, e gente caçando elas. É uma mistura de Supernatural com Crepúsculo. Mas não estou desmerecendo nenhuma das três séries, veja bem.

A protagonista se chama Clary, e ela começa a ver umas pessoas que ninguém mais vê. O que as drogas não fazem né? Brincadeira. Sua mãe acaba desaparecendo, e ela descobre que essas pessoas que ela vê são Caçadores de Sombras. Eles são pessoas que tem sangue de anjo correndo em suas veias (ou pelo menos é o que diz a lenda), e tem a capacidade de ganhar poderes através de runas que tatuam em seu corpo. Utilizando seus poderes para caçar criaturas como demônios e vampiros.

Obviamente, Clary descobre que sua mãe era uma Caçadora das Sombras, e que desapareceu por causa de um cálice que era capaz de criar novos Caçadores das Sombras, sem necessidade de serem descendentes. O objetivo dela é encontrar o cálice e a sua mãe, que estão desaparecidos.

Até aí tudo bem, muito bom mesmo. O que pode afastar MUITAS pessoas é o lado “Crepúsculo”. No início do filme nós conhecemos outro personagem, que é o Simon, o “Jake” da parada. Ele é o melhor amigo da Clary, e sempre esta lá pra ela. Depois, quando os Caçadores são apresentados, nós conhecemos Jace, um loirão magrão que faz ela se apaixonar. No início a Clary não fica muito em dúvida quanto a quem ela ama, mas garanto que nos filmes futuros haverá muito drama.

Infelizmente às vezes o filme deixa de desenvolver a história para desenvolver o romance. Mas o filme se propõe a isso. Uma história infanto-juvenil, com criaturas mágicas e triângulos amorosos.

O filme é bem agradável, bom pra passar o tempo, no melhor estilo sessão da tarde, mas o que me fez gostar menos do filme foram algumas inconsistências. O motivo de o vilão querer o cálice não fica muito claro. Mostra o poder de criar caçadores, e que ele usou o cálice para alguns pactos demoníacos, e que ele tem um sentimento meio nazista, mas é confuso.

Também tem uma hora que um personagem é mordido por um vampiro, e ele sai de boa. Você fica o filme todo esperando alguma coisa acontecer e… tá de boa, foi só uma mordidinha. Nem antirrábica ele toma.

Pois bem, o filme é bom para relaxar, se você não se incomodar com um romancezinho aqui e ali. É só se desligar e aproveitar que você vai se divertir!

Anúncios

4 comentários em “Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos (Ou Supernatural+Crepúsculo) (Filme)

  1. Nem sabia da existência deste filme ‘-‘ Nem por propagandas nem por nada, pretendo assisti-lo, mas se tem Crepúsculo no meio, sinto que irei me decepcionar DSHDUISAHDIUASHDIUHUI

    • Eu fiquei bem surpreso ao descobrir que tinham feito um filme tbm! Até porque tem outras séries de livros mt boas que eu gostaria que fossem adaptadas. Quanto a pitada de crepúsculo, até que dá pra engolir, pq n é tanta melação.
      Enfim, obrigado pelo comentário! ^^

    • E as runas são explicadas nos próximos tbm? Pq eu fiquei BEM interessado nessa parte, mas dps eles não mostram direito como funciona. Tipo, pq q tds eles não se enchem de runas?? E aquela tal de “runa do coração” partido…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s