Seja o Protagonista de Um Livro e Viva Uma Aventura!

Olá nerds, hoje é o grandioso dia da nossa grandiosa deste grandioso blog com este grandioso post! Hoje vou falar de um assunto que ainda é meio obscuro e desconhecido por muitos nerds, mas que pode interessar a muitos de vocês. A maioria dos nerds, como eu, adora ler. Já falamos de diversos livros, que você pode ler aqui. E como qualquer pessoa que já le um livro, principalmente os épicos de aventura, além de imaginar as situações do livro, já se imaginou DENTRO daquela situação, sendo o protagonista.

Uma boa opção para se tornar protagonista de uma história, é o RPG de mesa, que já falamos aqui no blog. Mas o problema do RPG de mesa é que você depende da disponibilidade dos outros jogadores. E se você não encontra horários convenientes, ou jogadores suficientes, não há como jogar. Mas há uma salvação meus amigos, um modo de jogarmos rpg sozinhos, com dado e fichas. A solução é chamada livro-jogo!

Mas como funcionam esses livros-jogos? Bem, eles possuem um sistema de regras simplíssimo, que cabem em duas ou três páginas. Você monta sua ficha seguindo algumas instruções e rolagens de dados, que cabe no cantinho da folha do caderno. O sistema é bem fácil, para fazer seu jogo fluir. Então você parte para a aventura, que tem uma pequena introdução, e logo parte para a aventura, onde você toma o controle.

A partir deste momento o livro vai te apresentando situações, e opções, onde você deve decidir. Coisas como “direita ou esquerda” ou “abrir a porta ou voltar”. É algo muito simples, e pode parecer tosco, mas é muito bacana. Os livros possuem descrições muito boas que te colocam dentro da história. Uma vez ou outra tem uma batalhas, onde você deve jogar os dados tanto para você quanto para o adversário. O Steve Jackson possui vários livros-jogos que são publicados aqui no brasil pela Jambô, uma editora que eu gosto muito.

Estes livros só possuem um “defeito”, que é a dificuldade. Embora cada vez que você jogue o livro, seja diferente, pois eles possuem múltiplas possibilidades, a partir do momento que você “vencer” ele, não há mais porque jogar. Então eles fazem com que o livro seja muito difícil, para que você várias vezes. E eu, sinceramente, nunca cheguei ao final de nenhum T_T

Há um tempo atrás eu joguei o da imagem lá de cima, o Cidadela do Caos. Eita bicho difícil hein! Foi o primeiro que eu joguei, e me diverti muito! Mas achei que o Cidadela do Caos era um caso a parte, e que os outros não devia ser tããão difíceis assim, então recentemente comprei um chamado Desafio dos Campeões… o Cidadela do Caos não é um caso a parte. Pra vocês terem uma ideia, nas duas primeiras vezes eu não cheguei nem no desafio! Huahahaha! Mas não desanimem galera, livros-jogos são sensacionais, aconselho muito!

Este foi o post de hoje, marcando a nossa reinauguração (?) do blog. Não esqueçam de curtir a page no facebook, e de comentar este post aqui em baixo! Diga aí se já jogou ou se tem interesse por livros-jogos, os famosos RPG solo. Toda opinião e crítica é bem-vinda! Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s