O Espadachim de Carvão Que Não Pega Fogo

Olá nerds! Andamos um pouco parados… pera! Isso não faz sentido! Se andamos não estamos parados! Então vamos continuar andando. Hoje junto com o rei dos escritores livro de fantasia de um ótimo autor brasileiro chamado Affonso Solano. Já falamos aqui de Dragões de Éter (que já estou no terceiro livro, então post em breve). E é ótimo ver que o universo literário fantástico do nosso país está se tornando fantástico! (ok, essa foi horrível). Bem, vamos ao resuminho!

“KURGALA É UM MUNDO abandonado por Quatro deuses. Adapak é filho de um deles.

E agora ele está sendo caçado

Perseguido por um misterioso grupo de assassinos, o jovem de pele cor de carvão se vê obrigado a deixar a ilha sagrada onde cresceu e a desbravar um mundo hostil e repleto de criaturas exóticas. Munido de sabedoria ímpar, mas dotado de uma inocência rara, ele agora precisará colocar em prática todo conhecimento que adquiriu em seu isolamento para descobrir quem são seus inimigos. Mesmo que isso possa comprometer alguns dos segredos mais antigos de Kurgala”

O Espadachim de Carvão, assim como em Dragões de Éter, apresenta referências ao nosso mundo, mas muito mais sutis. Como alguns nomes por exemplo. Ele também possui uma linguagem fácil e uma leitura fluida, que se torna rápida ao longo de suas páginas, que não chegam a trezentas.

Mas algo bem interessante é que (não que eu conheça profundamento o Affonso Solano, mas o conheço de seus casts no MRG) pode-se notar Muito de Affonso em Adapak. Onde o crescimento do espadachim representa o seu amadurecimento, e a saudade que sente de seus entes, de bolos de geleia, dos livros da infância, e de quando saiu de sua “caverna”. E aí está outra referência, e talvez a mais importante de todas, o Mito da Caverna de Platão! Se não conhece, vá conhecer!

Continuar lendo

Seja o Protagonista de Um Livro e Viva Uma Aventura!

Olá nerds, hoje é o grandioso dia da nossa grandiosa deste grandioso blog com este grandioso post! Hoje vou falar de um assunto que ainda é meio obscuro e desconhecido por muitos nerds, mas que pode interessar a muitos de vocês. A maioria dos nerds, como eu, adora ler. Já falamos de diversos livros, que você pode ler aqui. E como qualquer pessoa que já le um livro, principalmente os épicos de aventura, além de imaginar as situações do livro, já se imaginou DENTRO daquela situação, sendo o protagonista.

Uma boa opção para se tornar protagonista de uma história, é o RPG de mesa, que já falamos aqui no blog. Mas o problema do RPG de mesa é que você depende da disponibilidade dos outros jogadores. E se você não encontra horários convenientes, ou jogadores suficientes, não há como jogar. Mas há uma salvação meus amigos, um modo de jogarmos rpg sozinhos, com dado e fichas. A solução é chamada livro-jogo!

Mas como funcionam esses livros-jogos? Bem, eles possuem um sistema de regras simplíssimo, que cabem em duas ou três páginas. Você monta sua ficha seguindo algumas instruções e rolagens de dados, que cabe no cantinho da folha do caderno. O sistema é bem fácil, para fazer seu jogo fluir. Então você parte para a aventura, que tem uma pequena introdução, e logo parte para a aventura, onde você toma o controle. Continuar lendo

No labirinto do Minotauro: Mitologia, religião, teorias conspirativas e aliens!

 Daee galera, hoje eu vou falar um pouco sobre Mitologia religião e algumas teorias. Bem, como todos devem saber, mitologia significa um conjunto de mitos, mas antigamente era usado como religião, usado para explicar as coisas. As coisas mudaram, tornou-se apenas um Deus agora, mas será que a nova religião esta mais correta que a antiga mitologia?

Continuar lendo

Na Toca do Coelho: A jornada de um assassino

Você conhece a saga Assassin’s Creed? Bem, é uma das mais famosas sagas da atualidade no mundo dos vídeo games, mas o meu foco não é nos vídeo games e sim nos livros. A Ubisoft já lançou 4 livros contando as histórias dos protagonistas da saga e eu recentemente li o primeiro livro, Assassin’s Creed: Renascença, nele conta a história de Ezio Auditore da Firenze, o protagonista do segundo jogo da série.

capa Cherub4

[AVISO DE SPOLERS ASSEGUIR] 

Então, Ezio não sabia da sua linhagem Assassina até os seus 17 anos, que depois de um tração, o pai e os irmãos de Ezio são mortos enforcados em praça pública. Antes de morrer seu pai havia lhe falado sobre um baú na sua casa, que continha itens importantes que não poderiam cair nas mãos erradas. Nesse bau ele encontrou as Hidden Blades, adagas retráteis que ficam presas ao punho,em um bracelete.

Percebeu que, com a morte de seus familiares, Florença não era mais segura para sua mão e irmã. Então, se refugiou na cidade de Monteriggioni na região da Toscana na Villa Auditore. Após o treinamento com seu tio Mário, Ezio vai atrás de vingança contra todos que estiveram culpa no assassinato de seu parentes.

A historia se desenrola na jornada de Ezio melhorando suas habilidades, sua vingança,  o Credo dos Assassinos, os Assassinos contra os Templários… Mas eu não vou contar o fim porque perde a graça de ler…

[FIM DOS SPOLERS]

ezio-kill

A história vale muito a pena ser lida e/ou jogada, é uma boa escolha para novos leitores, uma boa opção pra quem gosta de um livro de ação, aventura e uma boa história.

Um dos problemas tanto do livro quanto do jogo, é que o tempo se passa muito depressa, a história se desenvolve em anos e anos, mas que parece somente alguns meses… Mas tirando isso, nota 10!

Há também outros livros da saga que já foram publicados,  Assassin’s Creed: Irmandade(2º livro), A Cruzada secreta (3º) e Renegado (4º).

Obrigado por ler!

O Mundo de Sofia

Bom dia, boa tarde ou boa noite. Você já leu este livro? Releia! Não leu? Leia! Não tem? Compre! Está sem dinheiro? Vá trabalhar! Não sabe ler? Aprenda! O importante é que você leia este incrível livro, escrito por Jostein Gardeen.

 A história se passa na Noruega, onde uma garotinha de nome Sofia começa a receber cartas de um estranho, mas não são cartas quaisquer, elas são aulas de filosofia, o que justifica o nome dado à protagonista pelo autor.

 Essas aulas de filosofia não são como aulas de filosofia tradicionais em que são ensinados conceitos e mais conceitos, não, nas cartas que Sofia recebe ela aprende a história do Homem sob um olhar filosófico, e isso é muitíssimo interessante.

 O leitor aprende bastante, tanto história, quanto filosofia, e, por causa da maneira que a trama desenvolve-se, você fica mais muito ansioso pela próxima carta, até mesmo mais do que a própria Sofia, pois, além do conteúdo didático das cartas, existe um enigma por trás do misterioso professor.

O Mundo de SofiaO Mundo de Sofia - Contracapa

 Não bastasse o leitor adquirir conhecimento durante o livro todo, o final dele é profundamente reflexivo, podendo provocar debates interessantíssimos, infelizmente não posso falar mais nada sobre este final, pelo risco de estragar o prazer da leitura.

 Eu li o livro durante a minha cadeira de filosofia, na faculdade, por indicação do professor, apesar disso o conteúdo dele não é denso, qualquer um pode ler ele sem dificuldades, a leitura é simples, rápida e flui muito bem.

 E, se você quiser, pode ignorar o conteúdo histórico-filosófico e apenas apreciar a trama do livro, que ainda vai resultar numa leitura muito boa, mas eu não recomendaria isso, seria um tremendo desperdício.

 O Mundo de Sofia é mais do que uma indicação, é uma obrigação de leitura.

 Obrigado, e bom dia, boa tarde, ou boa noite.

Livro: A Piramide Vermelha

https://i1.wp.com/dicadelivro.com.br/wp-content/uploads/2012/01/A-Pir%C3%A2mide-Vermelha.jpg

Dae galera, hoje eu to trazendo aqui o livro A Piramide Vermelha, este é um livro da serie As Cronicas dos Kane.  Carter Kane é um garoto que vive com o seu pai, Julius Kane. Eles não tem casa, vivem viajando, pois Julius é um arqueólogo, e adora coisas egípcias. Julius sempre disse ao Carter que ele só podia usar uma mala, e Julius podia levar uma mala de mão a mais. Carter sempre quis saber oque tinha nessa mala, mas ele nunca pode ver.

Carter tem tambem uma irmã, Sadie, que mora com seus avós desde a misteriosa morte de sua, cujo seu pai não falava uma palavra. Julius tinha autorização para ver sua filha apenas duas vezes por ano e sempre que Carter e Sadie se juntam, algo maluco acontece.  No natal, um dos dias em que Julius pode ver sua filha, ele e Carter vão busca-la para ir em um museu. Neste museu, eles vão até uma peça egípcia muito antiga, e uma explosão acontece. Após a explosão, um estranho ser aparece, e falando coisas sem sentido, desaparece com Julius.

https://i2.wp.com/www.not1.com.br/wp-content/uploads/2012/01/piramide-vermelha-1.jpg

Este é um ótimo livro para todos os fãs de mitologia egípcia ou simplesmente ficção. É um livro bastante envolvente, recomendo a todos, crianças, adolescentes, adultos, elfos, aliens e etc…

  “-Bom trabalho- disse ele- Muito bom trabalho.

-Você não foi invocado!- A voz de meu pai tremia.

Ele levantou o bumerangue, mas o homem estalou um dedo e o

bastão  voou de sua mão, estilhaçando-se contra a parede.

– Eu nunca sou invocado, Julius- respondeu o homem em voz baixa-

mas  se você abre a porta, deve estar preparado para receber

visitas.”